Atividade transferida para próxima terça – Cartógrafos convidam: Tragam o seu território para nosso mapa!

Pedimos desculpas mas a atividade hoje (13 de maio) não será realizada em virtude da paralisação dos rodoviários que acontece hoje no Rio de Janeiro.

Quem puder avise aos colegas.

 

Na próxima terça-feira, ao final da aula da Dani Lima, por volta das 17 horas, vamos trabalhar coletivamente no mapa preparado pela turma da Cartografia.

Todos os quebradeiros de todos os tempos estão convidados!

Cada um de vocês pode contribuir de forma efetiva na construção de um outro mapa cultural do Rio de Janeiro!

Como vocês devem estar acompanhando, a base do mapa já está pronta. Nela a Avenida Brasil, como uma coluna vertebral da cidade, ocupa o papel central da representação. No topo da imagem, de forma emblemática está Santa Cruz e no lado oposto o nosso ponto de chegada, a UQ, o MAR. Você está aqui!

Os cartógrafos prepararam ícones, que representam algumas atividades culturais que julgamos fundamentais para os quebradeiros. Os ícones estarão disponíveis em papel adesivo, para que cada um de vocês possam facilmente indicar o que vocês sabem, conhecem e querem contar sobre seus territórios de origem, de passagem e em que atuam.

O mapa, juntamente com o Manifesto Quebradeiro, realizado de forma coletiva na última aula da Sandra Portugal, será miniaturizado e colocado dentro de uma garrafa, que será jogada ao mar no dia 20, da barca Rio-Niterói.

Mas, afinal para quê tudo isso?

A cartografia é uma ação política. Uma ação de um pensamento que nasce da indignação, de um enorme desejo de fazer mudanças nos modos de vida de seus moradores. Um pensamento que quer antecipar e imaginar uma outra cidade que se possa ir e vir, habitá-la com mais poesia, rica em múltiplas expressões. Diante dos últimos acontecimentos de violência, mortes, desaparecimentos, exclusão, ações absurdas das instituições do estado que cotidianamente nos tomam, os quebradeiros propõem outros circuitos, outros encontros. Por isso estar nos dia 13 é assumir uma posição de luta. Não basta reclamar, é preciso fazer acontecer a cidade que queremos.

O projeto em seus desdobramentos, já que uma cartografia é sempre provisória e parcial, participará de uma exposição no Museu de Arte do Rio sobre Arte e Educação no próximo semestre.

Vejam o mapa, os ícones e nos digam o que está faltando!

Venham no dia 13 de maio, 17 horas, no MAR, sala 2.2. Vai ser divertido, você é muito importante.

Angela Carneiro e Beá Meira

TABELA GERAL

O MAPA BASEP

4 comentários sobre “Atividade transferida para próxima terça – Cartógrafos convidam: Tragam o seu território para nosso mapa!”

  1. Olá, gostaria de saber se neste mapa estarão contidas apenas informações sobre a cidade do Rio de Janeiro ou irá conter infos de todo o Estado?

  2. É tão bom andar pela cidade e ser despertada pelas ações “ARTE U.Q ” livrando do automatismo” AR respiração no MAR as terças feiras nas quebradas que supera categoria do pensamento cult de favela em convergência com academia. Não esperava por menos é claro! Ai esta o desafio de superar e surpreender , motivando as razões de estar na Universidade das quebradas. O mapeamento cultural da construido por nós. O protagonismo isso que coloca eficaz na história. Criando nova estrutura atuação em interação com o contemporâneo criativo e crítico. De uma vez por todas a U.Q move a orbita das estrelas. Mônica Rocha

Deixe uma resposta