Coletivo de quebradeiras realiza Feira Cultural na Lapa durante Olimpíadas

Texto escrito por Pedro Diego Rocha

A Lapa, na Região Central do Rio, multicultural por natureza, recebeu um toque quebradeiro especial durante o período das Olimpíadas Rio 2016. O coletivo de alunas da UQ Nós, as MULHERES realizou no último dia 16 de agosto a Feira Cultural “Do Cortiço à Favela” na FEBARJ, bem no coração do bairro. Elas levaram seus talentos e promoveram o evento baseado em “O Cortiço”, obra literária de Aluísio Azevedo, que está sendo usada como base para os estudos da Universidade das Quebradas este ano.

Célia Cruz Carvalho, Gabriela Azevedo, Jacqueline Nery, Valéria Milanês e Rejane Neves, quebradeiras que fazem parte do GT UQ de Apresentações, foram as organizadoras e produtoras do evento. Tendo como Mestre de Cerimônia o quebradeiro Rodrigo Telles, a feira mostrou ao público sarau poético, espaço gourmet, ambiente holístico, espaço literário, apresentações musicais, como a da Banda Pole Preta, do quebradeiro Sérgio Fonseca e a exposição “Cortiço Moderno” de trabalhos de arte da também quebradeira Denise Kosta, entre outros.

Veja as fotos do evento! Os créditos dos registros são do coletivo Nós, as MULHERES.

Deixe uma resposta