José Miguel González Casanova fala sobre “O Banco dos Irreais” no MAR

Os quebradeiros e quebradeiras têm um encontro marcado com o artista José Miguel González Casanova na próxima quinta, 25 de fevereiro, no Museu de Arte do Rio – MAR, na Praça Mauá, Centro do Rio. Ele está no Brasil fazendo uma imersão artística com seu projeto “O Banco dos Irreais” e, neste dia, convida os participantes da UQ e demais interessados a bater um papo sobre a iniciativa. A mestra quebradeira e arte-educadora Renata Codagan integra o evento, que acontece das 11h às 16h, na Escola do Olhar do MAR,

Ao longo do dia, o mestre em Artes Visuais mexicano explica mais sobre “O Banco dos Irreais”, ação que busca trocar o tempo das pessoas por experiências, conhecimentos, práticas e vivências. E às 14h, o artista fará uma apresentação formal de como será a implementação da proposta, cujo objetivo é a busca de uma nova intermediação de relações interpessoais além do dinheiro.

O artista José Miguel Gonzalez Casanova em um evento no México (Foto: Reprodução Internet)
O artista José Miguel Gonzalez Casanova em um evento no México (Foto: Reprodução Internet)

José Miguel González Casanova leciona desenho desde 1988 na Universidade Nacional Autónoma de México (UNAM), onde fez seu mestrado. Publicou em 2009 o manual “Gramática del dibujo en 100 lecciones” e o livro retrospectivo “Agenda Oculta”. Atualmente, é diretor do Seminário de Multimídia e tem ministrado cursos em diversos lugares no México. O artista já expôs seus trabalhos em mais de 100 exposições coletivas em quatro continentes.

Encontro com o artista José Miguel González Casanova

Data: quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Local: Escola do Olhar – Museu de Arte do Rio – MAR, na Praça Mauá, Centro do Rio

Horário: das 11h às 16h. Às 14h, bate-papo sobre o projeto com o artista

Evento gratuito

Deixe uma resposta