Oswaldo Rocha por Jussara Santos

Estou criando hoje a personagem repórter Ju, ela não entende muito de nada, mas tudo quer saber. E encontrou depois de muito tempo, Oswaldo Rocha, UQuebradeiro de 2011, cujo os laços foram firmados de amizade no meio das aulas dos saberes daqui. Fiz uma filmagem dele lendo um artigo e depois comecei a puxar um pouco da sua história de vida.

Desde o primeiro momento a figura do “Rocha” me chamou atenção. A voz e seus modos de falar e de se comportar. Sempre muito gentil. E agora vejo que tudo isso nasceu com ele.

Não teve muita condição de frequentar escola para aprender todas as matérias necessárias, mas fez das ruas do Rio, quando “era menino de rua” (fugiu de Minas para cá ainda criança), uma grande faculdade.

Estou mostrando a gravação da nossa conversa sem corte (ficou no estilo de um território da UQ). Não existe um ser completo, mas existe forma de buscar o ser integro!

 

Video not available

12 comentários sobre “Oswaldo Rocha por Jussara Santos”

  1. Partiu, Seu Osealdo era como eu o tratava. Conheci no sarau da ComCat, organizado pela Neuza Nascimento, e ele sempre foi um cara muito coração… Mostrava seus contos (tinha um livro, pena q nem guardei o nome), sua telas de pintura e era ótimo contador de causo. Falava com carinho sobre cada passagem de sua vida, quando era menino de rua, vendia bala de coco, foi operário, apanhou na ditadura sem ter acusação, acho que foi uma espécie de dura no trem, algo assim. Num sei, acho que foi dali que se virou como faz tudo prum bicheiro, tb falava disso, nunca como violência mas com o afeto, aquelas histórias dele … E casa de macumba em Duque de Caxias, tinha um orgulho danado, a filha dele ficava de chefia, tinha prestígio, teve até uma vez que me levou numa festa de Erê na Campina… Foi uma festa linda demais… Acho que também a última vez que o vi, foi numas das últimas edições da UQ na Casa do Estudante Universitário, tava um clima tenso pq o Geleia resolveu falar umas palavras mais pesadas, normal, e eles eram muito amigos, faziam pescaria juntos, Seu Osealdo saiu com ele pra aliviar, o genro dele chegou de carro e ali eu vi Seu Oswaldo pela última vez – que sua passagem pro Orum seja tranquila como seus sorrisos – Axé Seu Oswaldo, axé!
    .

  2. Olá. Sou neta do Oswaldo Rocha, hoje estava procurando pelo nome dele na internet e acabei achando esse vídeo. Fiquei muito feliz em ver o carinho de todos vocês por ele. O nosso grande artista sempre me conta como era bom o tempo em que ele frequentava mais a UQ.
    Se quiserem falar com ele, entrem em contato comigo (melmelo2@icloud.com). Será um prazer. Um grande abraço à todos.

  3. Vídeo da Jussara, entrevista com Oswaldo Rocha?? só podia dar samba!! Arrebentou querida! Oswaldo é poeta dos melhores (além das outras 7 artes), tive o prazer de dividir um coletivo poético com o homi, daí em diante dividimos muitas coisas – inclusive a UQ! sem palavras!
    grande abraço a todos os envolvidos – envolva-se!
    _Xandu

  4. APROVEITANDO O ENSEJO, UMA PEQUENA RETROSPECTIVA INÉDITA

    Jussara, vc é incrível. Incrível tb é esse nosso quebradeiro honorário, que em 2011 arrasou no filme que fiz no Sesc Santa Luzia na Oficinaque ministrei a 1a MOBNOVELA FUTURISTA DA PERIFERIA em que criamos um mobnovela com câmeras de celular e onde ele construiu o hilariante personagem DELEGADO BRAZUKA e porei o link aqui agora:

    http://www.youtube.com/watch?v=gayWZxb22Ug

    e na mob ao vivo::

    http://www.youtube.com/watch?v=SMm-onns6TU

    Amo muito vcs dois! Vc com muita honra aceitou o convite e foi minha parceira curadora na semana da mostra dos meus filmes no Cine Clube Bate-Papo em 2012 (postarei em breve) tb lá na Oficina Transmídia no sesc e no CBPF Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas::::

    http://www.youtube.com/watch?v=eqYtmbd5CcI

Deixe uma resposta