Programação UQ 21 / 06 / 2016

FACULDADE DE LETRAS | UFRJ

Quebradeiros,

A PRÓXIMA TERÇA, 21 DE JUNHO, SERÁ DEDICADA À ELABORAÇÃO DOS TRABALHOS E SEUS DESDOBRAMENTOS, SOB A ORIENTAÇÃO DE HELOISA BUARQUE DE HOLLANDA.

10h – 12h – Território de Produção
Desdobramento e discussão dos trabalhos, com Heloisa Buarque de Hollanda

12h – 13h45 – Intervalo para almoço

14h – 16 h – Território de Produção (Continuação)
Desdobramento e discussão dos trabalhos, com Heloisa Buarque de Hollanda

16 h – Intervalo

16h30 – 18h – Território de Produção (Continuação)
Desdobramento e discussão dos trabalhos

QUEM AINDA NÃO INDICOU O TÍTULO, A MODALIDADE DE APRESENTAÇÃO (qual o recurso q será utilizado), OS QUEBRADEIROS ENVOLVIDOS E A DESCRIÇÃO DO TRABALHO (o que é e como será a apresentação do trabalho), PODE FAZÊ-LO ATRAVÉS DO quebradas2016@gmail.com OU APRESENTAR NO DIA. 

MAS, atenção, ESTE DIA SERÁ FUNDAMENTAL PARA A FINALIZAÇÃO DOS TRABALHOS, QUE SERÃO APRESENTADOS DUAS SEMANAS DEPOIS, NUMA GRANDE FEIRA PARA TODOS OS QUEBRADEIROS E CONVIDADOS DA COORDENAÇÃO, COMO EUCANAÃ FERRAZ, PAULO ROBERTO TONANNI, SANDRA KORMAN E OUTROS UQUERIDOS DA UQ.

SEGUEM OS TRABALHOS INDICADOS ATÉ AGORA.

01 – AS MINAS DO CORTIÇO        

Quebradeiro(s): Cintya Matos, Rodrigo Telles, Carlos, Denise Andrade, Elisabeth, Mirila, Gabriela, Guilherme

Modalidade de Apresentação: Exposição com projeção

Descrição:

02 – DO CORTIÇO À FAVELA       

Quebradeiro(s): Carlos Alexandre, Érica Candido, Lizandra Córdova, Raquel Mascarenhas, Thaiany Pinto e Thaís Bastos.

Modalidade de Apresentação:

Descrição:

03 – TAPA NO BEIÇO

Quebradeiro(s): Marcondes Mesqueu

Modalidade de Apresentação: Performance teatral

Descrição: Personagem homem/mulher entregue à cachaça, que invisivelmente definha próximo de todos.

04 – CORTIÇO DE JANEIRO

Quebradeiro(s): Fernando, Nyl, Andersson da Villa, Douglas

Modalidade de Apresentação:  Exibição de vídeo clipe

Descrição:

05 – CORTIÇO: LINGUAGENS E SEUS PERSONAGENS

Quebradeiro(s): Claudia Lucia, Monique Castro, Robsom Martins, Marina Freitas, Rodrigo Rezende, Mirila

Modalidade de Apresentação:

Descrição:

06 – PERSONAGEM BERTOLEZA

Quebradeiro(s): Hare, Jocelin, Ieda, Romualdo, Denise

Modalidade de Apresentação: Performance

Descrição: Performance envolvendo música/dança, Artes plásticas, com enfoque no curso

07 – CAIXA SENSORIAL O CORTIÇO, CX SENSAÇÕES.

Quebradeiro(s): Rê Codagan, Ana Clara, Edison, Ruth

Modalidade de Apresentação: PPT

Descrição:

08 – DO ‘CORTIÇO’ AOS DIAS ATUAIS: A EXPLORAÇÃO DA SEXUALIDADE FEMININA

Quebradeiro(s): Célia Cris Carvalho, Gabriela Azevedo, Monica Álvarez, Jacqueline Nery, Rejane Neves, Sérgio Fonseca, Valéria Milanês

Modalidade de Apresentação: Curta ficcional

Descrição/Resumo: tem como objetivo comentar questões relativas à figura da mulher no círculo social brasileiro, no contexto da sexualidade, por através de um curta-metragem-ficcional (diálogos fictícios entre o “Ontem e o Hoje”), com cunho crítico, que faça uma reflexão sobre a cultura empregada, disseminada e alimentada em nossa sociedade, essencialmente patriarcal e machista (com relação às mulheres e a exploração da sexualidade destas), como sendo um dos valores mais importantes e salientados, gerando, na verdade, segregação feminina em um contexto histórico-social, haja vista que o salientado não visa declarar as qualidades da ‘pessoa-mulher’, mas do ‘objeto-mulher’, fazendo, portanto, dentro dessa lógica, uma cultura peculiar e permanente de diminuição: em si, a mulher não é uma vida ou pessoa… Mas, um “objeto de prazer, de status financeiro-político-social ou objeto-animal reprodutor”…

09 – O PAPEL DA BENZEDEIRA DENTRO DO CORTIÇO

Quebradeiro(s): Ana Paula, Anick Lorena

Modalidade de Apresentação: Vídeo

Descrição:

10 – CIRCUITO CORTIÇO CULTURAL CARIOCA

Quebradeiro(s): Isabela Oliveira, João Victor, Patricia, Jaqueline, Àquila C

Modalidade de Apresentação: Vídeo

Descrição:

11 – A MÃO QUE BALANÇA O BERÇO

Quebradeiro(s): Robson Francisco Martins e Aline Oliveira

Modalidade de Apresentação:  Exposição

Descrição: 1 – A obra é composta por 10 esculturas de mãos, tamanho natural, em cimento, com a bandeira da monarquia pintada na palma. O símbolo, espécie de brasão, será escavado em várias profundidades e, o nome de vários personagens do cortiço será colocado conforme a posição social. Ex: Miranda ficará na mão com profundidade rasa e a Bertoleza na profundidade mais funda.  A intenção é provocar a reflexão de que estamos, de uma certa forma,  nas mãos do governo, e o título, nome de filme, alerta sobre A mão que cuida desse berço. 2 – A obra será exposta sobre uma mesa com 2mx1,5m, forrada com tecido vermelho. Série de cinco xilogravuras medindo 70×40, com título ainda ser pensado. As gravuras não terão molduras, os papéis serão pendurados, com garras metálicas. 3 – Não Cortiço. A obra é uma interferência, ou alteração na “Lei Áurea” incluindo um projeto social prevendo moradia, trabalho, saúde e educação. A obra terá moldura, e, previsto a dimensão de 50×30. Perdurar na parede. ps: exclui a obra Roda viva. 4 – Apagamentos e interferências no livro “O Cortiço”, criança uma nova narrativa de forma a valorizar as personagens femininas do romance

12 – ENTRE LENÇÓIS

Quebradeiro(s): Denise Kosta

Modalidade de Apresentação: INSTALAÇÃO (com performance ou não)

Descrição: Seria uma série de varais paralelos, com lençóis estendidos, de modo a recriar a estética dos cortiços. A distribuição destes lençóis criaria um caminho entre eles (como um labirinto, através dos quais o espectador seria convidado a caminhar). A intenção é neste caminho colocar itens referente à obra “O Cortiço”, podem ser gravuras, projeções nos lençóis, lavadeiras cantando, personagens que passam sambando ou coisas assim. Entretanto, não havendo possibilidade de intervenções, a própria instalação se basta como expressão de representatividade. Pensei também que os varais podem  estar vazios e o próprio público é convidado a estendê-los na performance…

Arte da quebradeira Denise Kosta
Arte da quebradeira Denise Kosta

Deixe uma resposta