Resumo da ópera!

O melhor comentário da semana surgiu na discussão da aula sobre Epopéia Clássica – Ilíada e Odisseia.
O quebradeiro Bigfree nos contou uma bela história.

Acredito também que o Brasil possui várias culturas brasileiras. São tantos brasis! Somos uma nação de varias matrizes. Estás, sobrepujadas e influenciadas pela cultura de onde? Da matrix é claro!

Diz um conto Africano, que no inicio dos tempos não havia nenhuma história. O mundo era muito triste. Assim o primeiro contador de história, teve que sair pelo mundo para colher às histórias que iria contar. Para acompanha-lo levou um pássaro em seu ombro, um pássaro-escrivão.

Este homem junto com seu pássaro escutou o vento, as pedras, o mar, as árvores, os animais e os homens. Enquanto o homem ouvia as histórias, o pássaro ia anotando tudo com um pedaço de carvão e com goma arábica. Mas o homem temia que estas histórias se perdessem. Então o pássaro pediu que ele colocasse as história escritas em uma cabaça com água e deixasse por uma noite. No dia seguinte o pássaro mandou que o homem tomasse aquela água cheia de histórias. Este homem então, contou historia nos cantos do mundo, e os que ouviram, contaram em outros cantos, e assim segundo o conto Africano nasceram às histórias, que acordam, revelam, alimentam e instigam a nossa imaginação.

por Bigfree

Foto por Apoena Machado Cunha

1 comentário sobre “Resumo da ópera!”

  1. Chego a me emcoionar com vocês. Lembro de uma vez quando conversei com Roberto Piva & ele me disse que a pior coisa na poesia eram os poetas que faziam versos de bordadeira. As frases da consciência social são bregas: mudar o mundo, viva a pluralidade, transformar a sociedade, viver a cidadania, ser protagonista…& aí surgem os poetas que, em vez de entenderem Homero, preferem ver no Homero aquilo que eles mesmos querem: dar voz a coisa alguma…o blog Arcanjo Suburbano é uma alternativa a esse tipo de literatura periférica.

Deixe uma resposta