Retrato em preto e branco, um Foto-Poema

No flash e na palavra, elas sintetizam conhecimento. As quebradeiras Cristina Hare e Noélia Albuquerque uniram suas habilidades artísticas depois do incentivo da professora Sandra Portugal, em sua aula de Linguagem e Expressão. O trabalho resultou em um foto-poema.

Inspirada no poema de Conceição Evaristo, Hare criou o texto que serviu como inspiração na maquiagem usada na foto de Noélia. A foto de Noélia, por sua vez , é baseada no texto de Hare e na ideia de releitura, pois ela recriou uma célebre foto de Einstein.

Confira abaixo o foto-poema de Noélia e Hare:

RETRATO EM PRETO E BRANCO
By Cristina Hare

Pelos salões onde andei, disseram:
– Nâo és branca!
Pelas vielas onde passei, disseram?
-Não és negra!
Desde então,
Vago pelo mundo pardo e infinito,
Sem cor.
Há noites em que meu bisavô índio,
Entoa seus cantos de guerra pra me ninar.
Há dias, em que meu tio português,
Conta histórias de além-mar
Pra me distrair…
Às vezes , minha mãe negra
Me embala em seu colo,
Pra me consolar.
– VOCÊ NÃO TEM COR ! Alguém insistiu.

Eu já não me inporto. SOU DA COR DO BRASIL !

Por Mariana Mauro (Bolsista PIBEX – ECO/UFRJ)

5 comentários sobre “Retrato em preto e branco, um Foto-Poema”

  1. É sempre bom ver talentosas quebradeiras,com leveza, estilo e coisa e tal,todas trabalhadas no bom humor descontraído, e inteligente. Se a taça de cristal quebra elas usam como prisma para uma visão moderna de arte. Mônica Rocha

Deixe uma resposta