II Mostra 3M de Arte Digital

O projeto cultural Mostra 3M de Arte Digital tem a sua segunda edição em 2011

A mostra, que conta com a curadoria de Julius Wiedemann, pesquisador dedicado à convergência entre cultura, tecnologia e comunicação, acontecerá de 02 de setembro a 02 de outubro na Galeria Marta Traba, Memorial da América Latina, São Paulo.

O projeto contará com artistas consagrados de vários países, além de dois novos talentos selecionados dentre estudantes universitários. Dar espaço a estes novos talentos é uma forma de valorizar e estimular novas expressões artísticas com o uso de ferramentas digitais e de forma inovadora.

Haverá ainda dentro da programação do projeto uma série de palestras sobre arte digital e discussões sobre “o que é arte” e “o que é tecnologia” e como estas questões nos remetem diretamente à discussão do que é inovação e o que ela causa em nós, ou ainda no que está ao nosso redor e como os meios digitais interferem neste processo. O foco é discutir como as formas de entender nosso mundo se multiplicaram e com elas também as possibilidades dos artistas de se expressarem.

Os interessados em participar da 2ª Mostra 3M de Arte Digital têm até o dia 10 de julho para inscrever gratuitamente seus trabalhos nos formatos vídeo, imagem estática a ser impressa, slide show, animação e software. A participação é aberta a estudantes universitários de graduação, mestrado e doutorado de todo Brasil.

Os trabalhos podem ser enviados gratuitamente por email e, até o final de julho, um júri convidado irá escolher os vencedores. Vão participar do corpo de jurados o apresentador Marcelo Tas, a professora da UFRJ Heloisa Buarque de Hollanda, o especialista da ESPM Gil Giardelli e Giselle Beiguelman, crítica de arte e professora da faculdade de arquitetura da USP.

Além de receber obras finais, a iniciativa incentiva também o envio de projetos ainda não executados. A seleção vai avaliar a utilização inovadora de formas de expressão – internet, imagens criadas em forma digital, softwares e conceitos avançados -, além da contextualização do trabalho dentro do que existe de arte digital.

Deixe uma resposta