Linguagem e expressão

Na última terça-feira, o samba invadiu a aula de Linguagem e Expressão. O tema da apresentação do professor convidado Luiz Felipe de Lima ultrapassou o primeiro tempo e foi assunto também das análises da professora Sandra. Para descontrair a turma, a aula começou com uma dinâmica: cada quebradeiro recebeu o trecho de um samba e precisou encontrar as demais partes da letra que estavam distribuídas entre os colegas. Com os grupos reunidos, foi a vez de cantar junto com Caetano Veloso, Tereza Cristina e Paulinho da Viola grandes sucessos do samba brasileiro. O próximo tópico foi a variedade de sentidos e definições que a palavra samba tem. Junto com os quebradeiros, Sandra analisou explicações dadas por grandes pesquisadores e críticos, como Sérgio Cabral e Nelson Motta, sobre o estilo de música brasileira mais conhecido no mundo. Da umbigada africada até a popularização por vozes conhecidas da MPB, o samba é uma das maiores tradições brasileiras. E não há exemplo melhor para estudo de texto do que as belas composições dos nossos sambistas. Linguagem e Expressão também dão samba.

Por Júlia de Marins – Bolsista PIBEX/ECO 10 de abril de 2013

Arte a partir de foto original de Gabriel Negreiros

5 comentários sobre “Linguagem e expressão”

  1. As aulas da Prof.ª Sandra são ricas em informações e as dinâmicas são bem elaboradas e causam sempre motivação e alegria.
    Foi muito legal cantar com Caetano e Paulinho da Viola e os amigos quebradeiros.

  2. Quebradeira de raiz. (Deu samba, rs,rs,rs.)

    Aqui eu sou feliz.
    Quebradeira de raiz
    Sambista sim senhor
    Nesta terra tem valor.
    Sambista sim senhor
    Nesta terra tem valor.

    Juntos somos bem mais fortes
    aprendizes do viver
    nossa rima tem um norte
    só queremos aprender
    No viver com alegria
    a favela é o saber

    Aqui eu sou feliz.
    Quebradeira de raiz
    Sambista sim senhor
    Nesta terra tem valor.
    Sambista sim senhor
    Nesta terra tem valor

    Cada qual com sua arte
    Juntos somos muito mais
    Quebradeiros na alegria
    nosso lema é a paz
    O talento e energia
    trazemos dos ancestrais.

  3. A aula foi excelente. Deu samba e um caloroso debate a respeito do que é ser sambista e outras questões.O professor Luís provocou… Deu samba de terreiro cantado pelo quebradeiro que falou da religiosidade do samba e não permitiu que Chico fosse chamado de sambista:”Chico não vai lá em casa”. Genial!
    Sambista é aquele que, se não canta samba nem dança, faz a feijoada, afirmou a professora Sandra
    É…preciso rever meus conceitos! Parabéns professora Sandra Portugal e professor Luís Felipe de Lima.

Deixe uma resposta