Participe do projeto Redes e Agentes Culturais das Favelas Cariocas

Uma iniciativa inédita do Observatório de Favelas vai tornar 100 jovens de favelas, entre 15 e 29 anos, produtores culturais e pesquisadores sociais. Os 5 territórios abrangidos são: Cidade de Deus, Complexo do Alemão, Complexo da Penha, Manguinhos e Rocinha. O objetivo principal é apoiar o desenvolvimento de ações no campo da cultura, que venham ampliar o reconhecimento do papel das favelas na construção da identidade da cidade.

Redes e Agentes Culturais das Favelas Cariocas é um projeto do Observatório de Favelas e a Central Única das Favelas (CUFA), em parceria com e a Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro (SEC-RJ) e patrocínio da Petrobras.

O processo de seleção dos jovens acontece até dia 09 de janeiro, priorizando aqueles que já tenham qualquer tipo de atuação cultural em suas respectivas comunidades. Além das intervenções culturais criadas e executadas pelos jovens a partir do processo de formação, o projeto também prevê um curso de pesquisa social onde os participantes aprenderão a mapear os hábitos e práticas culturais dos moradores das cinco favelas. Com base nos dados reunidos por meio da pesquisa será criada uma Plataforma de Direitos Culturais no Território (PDCT), disponibilizada na Internet e também na publicação final do projeto, que terá por objetivo orientar a formulação de ações em cultura, por agentes públicos e privados, nas favelas contempladas.

Leia o edital e preencha agora sua ficha de inscrição.

Depois, é só mandar para agentes@observatoriodefavelas.org.br.

Fonte e mais informações: Observatório de Favelas

Foto: Favela por anthony_goto

Deixe uma resposta