Pós aula 10: Fundamentos da Literatura Brasileira: Alencar e Machado – Profª Maria Lucia Guimarães

A professora Maluh, de Literatura Brasileira da UFRJ, em sua aula sobre Alencar e Machado destacou a importância dos dois escritores para a literatura no Brasil. De Alencar, Maluh destacou o alargamento dos conceitos de arte e poesia, uma vez que o Romantismo provocou uma mudança na concepção clássica de poesia como imitação da realidade para a de poesia como recriação da realidade. Alencar rompeu com a tradição e colocou ideias novas em seu lugar. Além disso, o escritor defendia uma língua brasileira, aproveitando que o Romantismo tomava para si a obrigação com a própria pátria.

Já Machado de Assis, segundo a professora, inaugurou uma nova forma de ver o mundo: uma mundividência irônica, cujos princípios incluíam a contradição e a inconclusividade. Para Machado, a contradição estava na raiz da constituição humana.

Maluh destacou ainda o narrador machadiano, que é aquele que encena. Uma construção ficcional que primava pela harmonia entre a forma e o conteúdo.

Como exemplo, a professora leu e analisou com a turma dois capítulos do livro Memórias póstumas de Brás Cubas, o que encantou a todos.

Deixe uma resposta